ARAGONITA
Tipo: Pedra calmante, Cansaço e Esgotamento mental.
Crenças e mitos: A Aragonita já era conhecida dos antigos gregos e romanos como pedra curativa e de adorno. Ela deve seu nome à cidade espanhola de Mokina de Aragon. Mais tarde a cidade de Aragona, na Sicília, devido á descoberta de grandes jazidas de Aragonita, foi batizada com esse nome. Em muitas fontes termais, a Aragonita é armazenada como pedra luzente. Os antigos gregos, romanos e índios apreciavam essa pedra , devido à sua facilidade de elaboração e polimento como pedra bruta para trabalhos artísticos e entalhes. Hoje em dia, a Aragonita vem sendo elaborada para inúmeros trabalhos de arte, decoração e utilidades.

Efeitos terapêuticos para o corpo: Devido ao seu alto conteúdo de cálcio, a Aragonita tem muitas propriedades boas para a pele, tecido e os ossos. Alivia o reumatismo das juntas e o enfraquecimento dos ossos. A Água ou o chá preparados com a Aragonita têm propriedades curativas sobre a gota e outras moléstias dos ossos. Mediante a sua colocação sobre o joelho, juntas, coluna vertebral, mãos e pés, a Aragonita traz rapidamente atuação benéfica.

Efeitos terapêuticos para a psique: A Aragonita tem efeito calmante sobre os nervos. Colocada debaixo do travesseiro, previne contra pesadelos e sonambulismo. Protege o seu portador de nervosismo no trato com outra pessoas e irradia força para combater o cansaço diário. Em meditação, ela proporciona força ao corpo e à alma e nos faz sentir a salvo e aquecidos.

Indicado para: Ossos, reumatismo, musculatura, moléstia nos dentes, inflamações nas juntas, pele, tecidos, erupções do verão, erupções cutâneas. Nervos, pesadelos, sonambulismo, fonte de forças, cansaço da vida diária.